quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Here comes the sun





Ando pensando como os sentimentos mudam, não somente em relação às pessoas, mas em relação ao mundo e até mesmo sobre as próprias relações. Confuso? Um pouco eu diria, mas levemente fácil de compreender se você já passou por isso ou está num desses momentos de oscilação. Já parou pra pensar o que te fazia sorrir a cinco anos atrás e o que te faz agora? Como você mudou sobre o que achava que feminismo era apenas um bando de mulher que não se depilava e hoje em dia acredita ser uma boa que todos soubessem mais sobre esse assunto?
Um simples almoço de família podia ser um tédio aos domingos quando você só queria ficar no computador conversando com seus amigos e atualmente cada segundo com seus pais pode ser muito especial ou ultimo?
 Seria um clichê dizer que a vida ensina, mas ela ensina mesmo, não ensina? Então, nem sempre. Não tenha medo de mudar sobre o que você achava há algum tempo atrás, fico assustada quando alguém conta que tem as mesmas convicções de anos e eu me pergunto: o que será que essa pessoa aprendeu todo esse tempo? Digo passar por tantas situações e continuar a mesma, sem nenhuma alteração?
As vezes acho que sou um pouco instável pelo motivo de sempre ter uma opinião diferente a cada dia, ontem achava que tal musica era A melhor musica do mundo, até escutar outra hoje de manhã no carro. Não quero dizer que as pessoas precisam sempre estar mudando seus próprios conceitos, certas coisas não se mudam nem com o tempo, por exemplo, o caráter, que é construído através dos anos. Então o termo certo não seria mudar e sim aprender, com a vida e as situações que ocorrem nela para ser mais exata e não resistir às mudanças que a acompanham, pois elas são fundamentais, nos deixam mais fortes e o melhor de tudo: nos mudam drasticamente para melhor.
 E enquanto esse texto é escrito ao som de The Beatles, a pseudo escritora que aqui vos fala está indecisa sobre qual nome dar a esse texto, mas enquanto a ideia não vem, vamos escutar um pouco de musica, porque musica boa não muda né? Ou muda? Bom, isso é assunto pra outro texto... 

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Sobre construir novos sonhos


Toda vez  em que nos sentimos perdidos na vida pode ser comparado com o que acontece depois de andar em uma montanha russa. Você sabe que é passageiro, mas a sensação de impotência (ou tontura/mal estar) faz com que todo o seu cérebro pare de funcionar por alguns minutos, ou dias, e logo esse ‘’bad feeling’’ vai embora, mas deixa aquela dúvida do o que fez se sentir assim (se foi o cachorro quente que você comeu antes ou algum problema que vem lhe incomodando há um tempo) . Deixando os exemplos de lado, meio que estive assim por alguns dias, é claro que nem preciso comentar o quão horrível é estar rodeada por pessoas que só querem seu bem, mas ninguém consegue ajuda-la. Além que procurar uma solução para o que estava sentindo era antes necessário a compreensão do que me fez sentir assim, e entre algumas alternativas(leia-se várias mas eu resumi em poucas para não prolongar tanto assim a lista de queixas) eu percebi que estava totalmente apavorada sobre o que iria prestar no final do ano, vestibular, UNESP, USP e entre outras. Não é simplesmente uma crise existencial sobre não saber o que eu quero ser, porque eu sei, e sim sobre não poder realizar. Todos sabem o quanto eu sou apaixonada por artes e a moda em especial, e venho a alguns meses me fazendo acreditar que conseguiria viver sem trabalhar exatamente com isso devido aos problemas pessoais (leia-se faculdades publicas muito longe e faculdades particulares muito caras para o meu bolso), só que tudo tem um limite e esse estourou já faz um bom tempo. Não que esse seja um texto todo melancólico sobre a menina que não estudou o que queria, mas sim o que eu descobri no decorrer desse ano. Estou no segundo ano de cursinho e em meio das buscas em quais cursos me encaixaria e estão perto de casa, encontrei  um: Biologia, muitos vão estranhar eu sei, mas vou confessar um detalhe, quando era criança, (até meus 14 anos quando eu decidi virar emo, me excluir e criar meu próprio mundo com as artes em geral),  eu falava que seria ser bióloga, e um dia trabalharia no Greenpeace. Ache estranho ou não, eu gosto de plantas, principalmente das flores, e por mais ‘’Ross’’ que isso pareça eu acho muito legal paleontologia #hellyeah, será apenas uma mera coincidência ou a vocação batendo na porta?! 
Todo esse texto pode confundir um pouco a cabeça de quem conviveu comigo até hoje, claro todos diziam que eu sempre fui muito criativa e devia trabalhar com isso, mas não é que eu esteja desistindo de um sonho, pelo contrário, estou buscando muitos outros. 


quinta-feira, 3 de julho de 2014

Spaghetti e Derivados

Acho que nunca comentei aqui, mas uma das coisas que mais amo é cozinhar, você deve estar pensando: Nossa mas essa menina ama tudo gente, maquiagem, moda, Mary Kay, gastronomia.... 
Pois é, preciso estar em vários projetos paralelos para me sentir feliz, as vezes é complicado conciliar tudo mas sempre dá um jeito.
E um dos meus trabalhos é o Macarrão ao vivo do Buffet Spaghetti e Derivados, sabe aquele macarrão que você encontra no shopping, onde pode escolher a massa, o molho e os ingredientes que quiser para montar seu prato? É esse aí! 
O nosso esquema é o seguinte:
Festa de no mínimo 30 e no máximo 100 pessoas, os convidados podem repetir quantas vezes quiserem no período de 2h30 min que trabalhamos na festa, e pode escolher quantos ingredientes quiser viu?
Não tem aquela história de 8 ingredientes e bla bla bla
E pra você não se preocupar com a sobremesa, nós servimos banana flambada com sorvete!
Olha que maravilha, você faz seu evento sem se preocupar com a comida e a sombremesa,
e se quiser complementar ainda mais sua festa também fazemos porções de kibe cru e escondidinho
(carne seca, frango ou linguiça).
É inovando que você arrasa na suas festas, pode ligar e fazer um orçamento você vai se surpreender como vale a pena o nosso serviço!
Ah e aqui em baixo segue algumas fotos de vários eventos que já fizemos, só lembrando que realizamos festas de aniversários, almoços, eventos em festa junina, confraternizações de trabalho e ano passado estivemos trabalhando na Festa do Quitute de Jaboticabal!














16 99783-3006

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Os delírios de consumo de Carol Bloom!


Já faz um bom tempo que eu não fazia minha wishlist(lista de desejos), e como estou com tempo livre nessas férias resolvi montar os delírios de consumo de Carol Bloom! 



1 - Camisetas estampadas: Ano passado queria tanto investir em camisetas básicas que consegui, só que de vez em quando eu sinto uma saudadezinha das minhas camisetas de banda ou aquelas mais divertidas tipo essa, aliás eu faço a maioria das minhas estampas nas t-shirts, vocês querem algum diy (aka faça você mesmo) em vídeo? É só pedir aí nos comentário que eu faço NA HORA! UAHSAUSHAUH


2- Mocassim vermelho: Porque é minha cor favorita e da um charme em qualquer look simples!



3- Coleção de livros do John Green: GENTE, agora é sério, eu amo ler e amo ainda mais quando me surpreendo com o enredo de um romance, não dava nada pra A culpa é das estrelas, tinha falado que não ia ler e muito menos assistir ao filme, mas me rendi a segunda opção e estou apaixonada pelo escritor! Comprei recentemente O Teorema Katherine e logo menos faço resenha aqui pra vocês! E mais uma vez: preferem em forma de post ou vídeo? 


4- Jaqueta jeans: Não adianta, eu posso fazer listas e mais listas consumistas, mas sempre vai ter alguma coisa jeans e até eu achar uma peça assim terão de aguentar ela aqui na lista! Sabem onde eu posso encontrar? 


5- Jogo de Pincéis Mary Kay: Sempre gostei muuuuuito de maquiagem, o vício começou quando minha tia fez uma limpeza nas coisas dela e me deu algumas(leia-se muitas coisas) de maquiagem, desde então o gosto por esses produtinhos milagrosos só aumenta e nada melhor do que um jogo de pincéis decente pra usar né? Algo me diz que vou conseguir um logo, logo.... UHAUSHAUSHAU



6 - Bolsa chic e boa: É não é fácil encontrar uma bolsa que não seja de couro mas que ainda dure por muito tempo, sou contra usar  couro de verdade e o único jeito é apelar pros sintéticos, mas as bolsas acabam nunca durando mais do que 2 anos. Tinha uma linda que guardava pra usar em ocasiões especiais e outro dia quando fui pegar para usar o que aconteceu? A bolsa tava desmanchando, sim caindo aos pedaços, esfarelando e agora to meio carente de algo bom pra usar no dia-a-dia. Esse modelo é um coringa e vai com tudo, a cor então nem se fala!


7- All Star Galaxy print: esse item na verdade não será bem uma compra e sim uma reforma, vou pintar o meu preto e mais uma vez: Querem vídeo? 



8- Moletom Hogwarts: Como uma boa fã de HP não poderia faltar um desses no meu guarda-roupa, BUT é difícil de encontrar em lojas físicas e na internet é muito caro, perguntei em uma loja que estampa roupas aqui na minha cidade mas eles não pegam a peça da pessoa pra fazer #fail então continuo aqui sofrendo por um moletom desse #xateada 


9- Bolsas da Petite Jolie: Sei la sabe, bolsa nunca é demais e eu ainda vou ter uma dessa, já faz muito tempo que eu tava querendo a do modelo ''baú'' e agora eles lançam esse modelo novo MARAVILHOSO, dá vontade de ter uma de cada cor! 



E aí gostaram da minha pequena lista de consumismo? 
Qual a sua? 

Espero que tenham gostado!
bjbj



Carol Pelicano


quarta-feira, 25 de junho de 2014

Look: Grandma told me







Vestido: Presente
Jaqueta jeans: Brechó (5,00)
Alpargata: Moleca, comprei na Renner ( 59,00)
Bracete: Presente da Roberta Pelicano Semi jóias
Touca: Pernambucanas (25,00)


segunda-feira, 23 de junho de 2014

Como usar: Cardigan

Uma das minhas peças favoritas, uso quando não tá tão frio, ou para fazer sobreposições( por cima de uma camisa por exemplo). Uma peça multiuso, o cardigan pode se tonar um coringa no seu guarda-roupa se bem explorado!
Sempre passo pelo mesmo dilema, onde encontrar cardigans, baratos, de boa qualidade e o mais importante de tudo: EM TAMANHO GG. 
É minha gente não é fácil encontrar roupa tamanho plus size, geralmente acho na Renner ou Pernambucanas que estão investindo fortemente nos tamanhos 44 até 52. 
E pra inspirar todas vocês, trouxe alguns looks, tem desde os mais elaborados aos mais simples mas com seu charme!









E aproveitando o post: como usar tricô(sim aquele casaquinho que a sua vó tem) de um jeito estiloso:






Quais dúvidas vocês mais tem na hora de se vestir?
Sempre tem aquela peça que a gente AMA mas não consegue usar/achar, 
conta aí nos comentário que eu falo sobre isso no próximo post do ''Como usar''.
Espero que tenham gostado!
bjbj

Carol Pelicano



sexta-feira, 20 de junho de 2014

Resenha: Os melhores de junho

HÉLOUUU  gente, tudo bom com vocês? Estou passando uns dias na casa da minha vó, ela caiu e quebrou o joelho :/ então esse mês vou ficar aqui ajudando a Palmirinha(sim, é assim que eu chamo minha avó hahaha porque elas se parecem muito mesmo). E no tempo livre prometo que vou blogar bastante viu?
Bom o assunto de hoje são os itens de beleza favoritos de junho, tem perfume, creme e até rímel, bora ver?



1 - Creme para as mãos de ameixa - O Boticário linha NativaSPA: nunca gostei de cremes que fazem esse estilo(para mãos), sempre que passava ficava grudento e melado, mas com o tempo seco de ultimamente tive que vencer minha birra. Gostei desse por ser de fácil absorção e o cheiro maravilhoso!




2 - Perfume Victória's Secrets Pure Seduction: O meu favorito EVÁR!!!! 
Em questão de perfume sou 8 ou 80, gosto dos bem fortes ou dos bem fraquinhos como esse. A linha tem várias opções, desde os bem doces até os bem azedinhos. Comprei o meu na Mister Games 




3 - Rímel Lash Love da Mary Kay: GENTI DÚ CÉU, eu nunca tinha visto um treco que aumentasse tanto os meus cílios como esse daí, é simplesmente fantástico, com uma camada de mascara ele alonga drasticamente os seus amados cílios e os deixa bem separadinhos, olhar de boneca!




4 - Creme hidratante Nívea Soft: tenho a pele mista/oleosa, então em algumas partes do rosto, como o queixo por exemplo, é sempre bem vindo um bom creminho para hidratar né? Quando fui comprar haviam milhares de marcas e preços, resolvi testar esse e não me arrependi, seca rapidinho e hidrata bem! 




 E aí quais são os seus favoritos do momento?
 Espero que tenham gostado,
bjbj


Carol Pelicano